fbpx

O que é conciliação de marketplaces e como fazer na prática?

A venda de produtos online cresceu exponencialmente nos últimos anos. Diante desse cenário próspero, os marketplaces estão ganhando cada vez mais influência. Estamos falando de um grande espaço que reúne centenas de lojas virtuais que disponibilizam os seus produtos online e buscam otimizar as suas vendas.

Nesse sentido, a continuidade das atividades dos e-commerces envolve a organização e o monitoramento das quantias que entram e que saem do caixa das lojas. Além disso, estamos falando do repasse de comissões aos vendedores referentes às vendas, às taxas sobre as transações etc.

Nesse sentido, a estratégia de conciliação de marketplaces ganha destaque. Trata-se de um procedimento essencial que visa a garantir o devido controle financeiro das receitas e despesas de um caixa. Quer saber como gerenciar corretamente as finanças do seu e-commerce? Neste post, vamos explicar o que é a conciliação financeira de marketplaces e como fazer esse procedimento na prática. Continue a leitura e saiba todos os detalhes!

O que é a conciliação financeira de marketplaces?

A conciliação financeira é um procedimento geral de controle e de gestão do dinheiro que é movimentado por uma empresa, levando em consideração as operações contínuas que são realizadas por ela. No entanto, quando se trata de um marketplace, essa metodologia apresenta algumas peculiaridades.

Afinal, estamos falando de uma plataforma gigante de varejo, que foi especialmente desenvolvida para facilitar as compras dos consumidores ao mesmo tempo em que os vendedores focam as operações financeiras e logísticas. Trata-se de um grande centro comercial com vários lojistas que negociam produtos diversos e que precisam utilizar estratégias diferentes para tal fim.

Nesse sentido, faz-se necessário adotar um maior rigor e ter mais atenção ao processo de conciliação financeira com o intuito de identificar eventuais erros nos repasses e garantir a organização das contas. Sendo assim, a conciliação de marketplaces tem como base a análise dos valores recebidos e envolve a conferência da receita esperada, conforme cada venda realizada pela loja.

Qual é a sua importância?

De um modo geral, a conciliação financeira, quando feita de maneira adequada, tem a capacidade de identificar divergências nas receitas e nas despesas do caixa. Com isso, torna-se possível evitar eventuais prejuízos e assegurar os lucros.

Ademais, é uma forma de verificar se existem inconformidades entre os valores pagos ou recebidos e os números fornecidos. Isso ajuda a proteger a saúde financeira do negócio e a viabilizar a continuidade das atividades.

Como fazer a conciliação financeira de marketplaces?

Confira, a seguir, algumas estratégias que devem ser implementadas para garantir o sucesso da conciliação financeira em marketplaces.

Cruze os dados das vendas versus os repasses

Sempre compare se os repasses que está recebendo estão condizentes com as vendas realizadas.

Preste atenção principalmente em vendas parceladas e também se você confirmou a entrega do pedido junto ao marketplace.

Verifique as taxas e comissões

Além da comissão definida contratualmente no momento da adesão ao marketplace, você deve se atentar ainda a outras taxas que podem fazer parte do processo, como por exemplo multas por atrasos nas entregas, penalidades por reputação ou mal atendimento ao cliente no SAC, entre outras.

As diversas contas de frete

Um capítulo bastante importante sobre a conciliação de vendas em marketplaces é a cobrança do frete.

Marketplaces que ofertam aos seus lojistas o serviço de entrega, como Mercado Envios (Mercado Livre), Envvias (Via), Magalu Entegas (Magazine Luiza) podem oferecer tabelas de preços especiais a você, uma vez que por conta do grande volume transacionado, conseguem negociações bastante agressivas com as transportadoras. Essas operações tendem a apresentar menor dificuldade em relação a divergências na cobrança, uma vez que eles mesmos já possuem todos os valores.

Contudo, marketplaces onde você faz a entrega com suas próprias transportadoras podem praticar preços de frete diferentes dos que você está esperando.

Enfim, é importante balancear a conta do frete que sua empresa paga para enviar os produtos com os valores que você cobra nos seus pedidos para que a operação logística não torne sua margem de lucro deficitária.

Fique atento às promoções

Não é incomum o marketplace realizar promoções aplicando descontos aos seus produtos. Não há nada de errado com isso, desde que o marketplace repasse também a diferença de valores da promoção além do valor normal do pedido.

Garanta segurança ao processo

A conciliação financeira também abrange a devida segurança e a integridade dos repasses para os vendedores. As atividades desenvolvidas por um e-commerce envolvem um grande volume de negociações, bem como é necessária a existência de diversas plataformas, desenvolvidas com o objetivo de garantir a estrutura ideal para aumentar as vendas e alcançar um público cada vez maior.

Aponte os resultados

A conciliação também é uma boa estratégia para ajudar a conhecer mais sobre o próprio e-commerce, uma vez que esse procedimento tem a capacidade de analisar a movimentação financeira e apontar o desempenho de cada transação. Assim, é possível saber se houve um aumento das vendas e se isso causou um impacto positivo para o crescimento do marketplace. A partir dessa análise, os gestores podem tomar ações específicas a fim de aumentar a lucratividade e melhorar ainda mais a performance em cada canal de vendas.

Isso porque, com a análise de maneira automatizada do grande volume de dinheiro referente aos repasses, é possível chegar a resultados por meio de gráficos específicos e intuitivos, permitindo uma verificação mais eficiente dos resultados obtidos.

Quais são os principais fatores que devem ser observados no processo de conciliação de marketplaces?

É importante estar atento aos elementos que fazem parte da conciliação financeira de marketplaces. Conheça, a seguir, os principais fatores a serem levados em conta durante esse procedimento.

Valor do frete

O valor do frete influencia o preço final do produto. Ele costuma levar em consideração três elementos: o preço do item, o peso da mercadoria e a distância percorrida.

É possível, ainda, instalar a política do frete grátis a depender desses fatores. Em alguns casos, é também viável o envio subsidiado, que consiste na divisão do valor do frete entre o vendedor e o marketplace, assim, a porcentagem da divisão se baseia no valor do item, no peso desse produto e no seller index, ou seja, na pontuação do produto na Política de Frete.

Descontos praticados pelo marketplace em suas promoções

Os descontos oferecidos em promoções nos marketplaces ajudam a expandir a visibilidade dos e-commerces e contribuem para atrair mais consumidores. É importante considerar o valor dos itens com o desconto para efetivar a conciliação financeira dos marketplaces.

Estornos e cancelamentos

O marketplace pode fazer o estorno das comissões e aprovar o cancelamento de pedidos. Por outro lado, outras lojas retêm os valores. Ainda é possível cobrar a comissão inteira, parcial ou não cobrar nada. Tudo vai depender do que consta no contrato que foi firmado com o seller e da política de vendas do e-commerce.

É importante dispor de um sistema automatizado para realizar a conciliação de marketplaces de modo eficiente e seguro. A tecnologia pode ser uma excelente aliada no procedimento de gestão financeira de e-commerces. Por sua vez, a realização desse processo de modo manual não é recomendada, pois apresenta maiores riscos de falhas e aumenta as chances de retrabalho.

Diante desse cenário de eficiência e de modernização, os serviços da Atos Data oferecem uma ferramenta tecnológica que pode fazer toda a diferença para a conciliação de marketplaces de modo personalizado para cada ambiente.

Quer saber como otimizar o processo de conciliação financeira para o seu marketplace? Não perca mais tempo e conheça os nossos serviços! Entre em contato conosco!

atosdata

Esta postagem possui 0 respostas

Comentários aberto

Deixe uma resposta

Você pode usar esses atributos do HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>